Efetue seu Cadastro
 

Cadastre-se para receber minhas
novidades.

notícias

Fabricante da Dolly é condenada a indenizar a Coca

Compartilhe:
11-04-2012
A Ragi Refrigerantes Ltda, fabricante da marca Dolly, foi condenada a pagar indenização de R$ 1 milhão para a Coca-Cola por denegrir a imagem da concorrente, segundo decisão do dia 22 de março de 2012, do Tribunal de Justiça de São Paulo. A informação é do portal Terra.


De acordo com o documento enviado pela assessoria do TJ, o relator afirma que a Coca-Cola teve sua reputação e credibilidade abaladas perante os consumidores após a Dolly ter se utilizado veículos de informação para fazer uma "campanha" contra a marca americana.

De acordo com o processo, a marca brasileira argumentou que em sua conduta não teve o objetivo de denegrir a imagem da Coca-Cola. Porém, o TJ-SP rejeitou esta argumentação e manteve a condenação. Para o relator do processo, Francisco Loureiro, a ação da Dolly "certamente causou forte abalo na imagem da empresa autora, dada a gravidade das acusações que lhe foram atribuídas".

Dentre as formas de ofensas, o programa "100% Brasil", transmitido pela RedeTV! mostrou suposta gravação de um sócio de uma das empresas ligadas a Dolly em conversa com funcionário da Coca-Cola, na qual foram feitas denúncias de irregularidades e crimes. Além disso, um anúncio na publicação americana The Wall Street Journal e uma entrevista dada ao periódico O Pasquim também foram alvo das ações.

A representante da Dolly também foi acusada de espalhar outdoors pela cidade de São Paulo com frases que sugeriam a utilização de folha de coca no refrigerante da rival, além de apontar suposto tratamento diferenciado pelas autoridades públicas. As empresas ainda podem recorrer da decisão.

Revista Consultor Jurídico, 10 de abril de 2012